Quem não gosta de ter vários vasos de plantas em casa?

Várias dessas plantas, presentes em nosso cotidiano, podem representar um perigo para crianças e animais.

Isto é, plantas bonitas, mas quando em contato com a boca ou manipuladas, podem causar graves intoxicações.

Principalmente em crianças menores de 5 anos.

As plantas de uso ornamental são as mais perigosas, pois atraem pela sua beleza e estão ao alcance de qualquer pessoa, principalmente das crianças, que são as maiores vítimas de intoxicação, além dos animais domésticos.

Isso porque de cada dez casos de intoxicação por plantas tóxicas registradas no Brasil, seis ocorrem com crianças menores de 10 anos.

Além disso,  84% do total dessas intoxicações são acidentais.

Por isso, reunimos aqui algumas dessas plantas para você reconhecer.

1) Comigo ninguém pode

plantas

Nome científico: Dieffenbachia picta Schott

Família: Araceae

A primeira vista uma folhagem inofensiva, mas é a planta campeã das intoxicações, já que está presente nos mais variados lugares.

Parte tóxica: todas as partes da planta.

Princípio ativo: oxalato de cálcio, saponinas.

Sintomas: a ingestão e o contato podem causar sensação de queimação, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, náuseas, vômitos, diarreia, salivação abundante.

Além de dificuldade de engolir e asfixia.

O contato com os olhos também pode provocar irritação e lesão da córnea.

2) Bico de papagaio

plantas

Nome científico: Euphorbia pulcherrima Willd

Família: Euphorbiaceae

Uma planta bastante conhecida como planta do Natal.

Já que nesta época do ano é usada para a decoração nas casas e shoppings de todo o país.

Parte tóxica: todas as partes da planta.

Princípio ativo: látex irritante.

Sintomas: a seiva leitosa causa lesão na pele e mucosas, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, dor em queimação e coceira.

Além disso, o contato com os olhos provoca irritação, lacrimejamento, edema das pálpebras e dificuldade de visão.

A ingestão pode ainda causar náuseas, vômitos e diarreia.

3) Coroa de Cristo

Nome científico: Euphorbia milii L.

Família: Euphorbiacea

Muito usada para cercas-vivas,  mas sua seiva leitosa causa lesão na