O sistema respiratório permite o transporte do O2 para o sangue, a fim de ser distribuído para as células, e a retirada do CO2, dejeto do metabolismo celular, do sangue para o exterior.

Está envolvido também na fala e no olfato e, implicado com este, a percepção de sabores mais apurados.

O sistema respiratório pode ser dividido em uma porção condutora, que conduz o ar para os locais onde
se dão as trocas gasosas.

E uma porção respiratória, onde ocorre a troca de gases entre o ar e o sangue.

A porção condutora é formada por: cavidades nasais, faringe, laringe, traqueia, brônquios, bronquíolos e bronquíolos terminais.

Já a porção respiratória consiste em: bronquíolos respiratórios, ductos alveolares, sacos alveolares e alvéolos.

Divisão anatômica do sistema respiratório

sistema respiratório

Também pode ser dividida em via área superior, que é composta pelo nariz, cavidade nasal, seios paranasais, faringe laringe e início da traqueia.

E via área inferior, composta pela traqueia e os brônquios.

Função do sistema respiratório

As funções do sistema respiratório são ventilação (inspirar e expirar), difusão (O2 e CO2) e transporte nas células.

Assim, a ventilação é a entrada do ar até os pulmões (inspiração) e a saída através da via condutória (expiração).

A difusão é a passagem do O2 dos alvéolos para o sangue e também a passagem do CO2 do sangue para os alvéolos.

E o transporte nas células se refere a hemoglobina (célula que conduz o oxigênio).

Agora que já vimos uma visão geral do sistema respiratório, vamos entender melhor cada uma das suas partes.

Nariz

A divisão anatômica do nariz é formada por:

Ápice (ponta do nariz), raiz (é formada pelo osso nasal e pelo osso maxilar), dorsal (região lateral do nariz) e narina (local de entrada do ar, delimita anteriormente a cavidade nasal).

E tem a função de conduzir o ar para a cavidade nasal.

Delimitação da cavidade nasal
Anteriormente: narina
Posteriormente: coana (comunicação da cavidade nasal com a faringe. Marca o limite entre a cavidade nasal e a porção nasal da faringe)
Superiormente ou teto: osso nasal, osso frontal, osso etmoidal, osso esferoide e osso palatino
Inferiormente ou soalho: osso maxilar e osso palatino
Medial: Septo nasal (cartilagem septal, osso etmoide e osso vômer)
Lateralmente: concha nasal inferior, maxilar, etmoide, esfenoide, palatino e osso nasal.

A divisão funcional do nariz é o vestíbulo (entrada) e cavidade nasal ( propriamente dita).

Assim, a parte superior está relacionada com o olfato e a parte inferior está relacionada com a respiração.

Estruturas anatômicas

No vestíbulo nasal é onde encontramos os vibrissas (os pelos do interior das narinas) responsáveis pela filtração do ar.

A concha nasal (superior, média e inferior) tem a função de aproximar o ar em direção aos meatos.

E o meato (superior, médio e inferior) tem a função de comunicar o ar da cavidade nasal com os seios paranasais, para que ocorra a umidificação e aquecimento do ar.

Seio paranasal

Temos quatro seios paranasais, o frontal, o esfenoide, etmoide e maxilar.

O osso etmoide fica situado abaixo da porção mediana do osso frontal e entre as órbitas.

A função do seio paranasal é aquecer e umidificar o ar.

Faringe

sistema respiratórioA faringe é formada por músculos esqueléticos estriados na forma longitudinal e vertical.

Chamados de tubo muscular.

É dividido em regiões como a nasofaringe (começa na coana e termina na úvula), orofaringe ou bucofaringe (começa úvula e termina na epiglote) e laringofaringe (começa na epiglote e termina na cartilagem cricoide.

Tem a função de conduzir o ar e o bolo alimentar.

Nasofaringe

Formada pela ostio faríngeo, que comunica a nasofaringe com o ouvido médio, e tem a função de equilibrar as pressões.

E pelo tôrus tubal, que é uma cartilagem que protege o ostio e limita o ostio faríngeo.

Já a tonsila faríngea tem a função de proteger a nasofaringe formando anticorpos, portanto, é a defesa.

Laringe

A laringe é um tubo constituído principalmente por cartilagens, mas também apresenta membranas e músculos.

É dividida em três regiões: a região vestibular (encontrada no vestíbulo da laringe), a região da glote (prega vestibular e a prega vocal) e região infraglote (passagem).

Cartilagens da laringe par Cartilagens da laringe impares
1° Aritenoide, parece uma asa e está relacionada com a fonação. Epiglote (atua na deglutição)
2° Cuneiforme (em forma de curva) Cartilagem tireoide (está relacionada com a deglutição)
3° Corniculada  (parece com chifres) Cartilagem cricóide (atua na fonação e fica antes da traqueia e embaixo da glândula  tireoidea).