Identidade de gênero, orientação sexual e sexo biológico

Identidade de gênero e orientação sexual são termos que ganharam destaque nos últimos tempos, mas ainda carecem de discussões.

Você sabe o que significa esses termos?

Neste post vamos te ajudar a entender!

Identidade de gênero

identidade de gêneroO gênero é a construção social do sexo.

Isso porque esse termo tem sido usado para definir  uma caracterização anatômica e fisiológica dos seres humanos.

Biologicamente, há machos e fêmeas.

Mas a condição de ser homem ou ser mulher só é realizada pela cultura.

As categorias de gênero são hierarquizadas, binárias e relacionais.

Isso porque a nossa cultura privilegia a diferença sexual (ter pênis ou vagina) como sendo a base da identidade de gênero.

O que é uma interpretação equivocada.

A identidade de gênero pode ser traduzida pela convicção de ser masculino ou feminina.

Ou como a pessoa se vê e sente conforme os atributos, comportamentos e papeis convencionalmente estabelecidos para os machos e fêmeas.

A identidade de gênero é a maneira como você se enxerga.

Ou seja, o gênero do qual você se sente parte.

O gênero não é binário como tem sido tratado por tanto tempo.

E para entender melhor vamos ver alguns termos utilizados para caracterizar diferentes gêneros.

CIS-

Você se identifica com o gênero ao qual você nasceu.

Homem cis ou mulher cis

TRANS-

Você se identifica com um gênero diferente ao que você nasceu.

Homem trans ou mulher trans.

Gênero fluído

Você transita entre diferentes gêneros, como homem, mulher ou agênero

DEMI-

Você se identifica parcialmente com um gênero.

Meio menino, meio menina.

Agênero-

Você não se identifica com nenhum gênero, embora possa se apresentar no masculino, feminino ou andrógeno.

Você pode conferir outras muitas identidades não-binárias aqui.

Orientação sexual

As diferentes orientações sexuais também são produtos da cultura e apresentam uma história.

Constituem sensibilidades e expressões do desejo e do prazer que podem aparecer na vida de um indivíduo de muitas maneiras.

É importante compreender que comportamento e identidade são componentes da orientação sexual que não caminham necessariamente na mesma direção.

E também não resulta de escolhas racionais dos sujeitos, pela condição do caráter do desejo e o fato de que nossa experiência social é envolta de uma grande complexidade.

E por isso, não devemos falar de opção sexual, já que a dimensão do desejo não cabe numa escolha racional.

Assim como há diferentes gêneros, há também diferentes orientações sexuais.

Reunimos aqui os tipos de orientações mais comuns.

Heterossexualidade

É a orientação sexual caracterizada pela atração sexual e emocional entre pessoas de sexos opostos.

Homossexualidade

É a orientação sexual caracterizada pela atração sexual e afetiva entre indivíduos do mesmo sexo.

Popularmente conhecidos como gays e lésbicas.

Bissexualidade

É a orientação sexual caracterizada pela atração sexual e sentimental entre pessoas tanto do mesmo sexo como do sexo oposto.

Isso não quer dizer que é tudo ao mesmo tempo.

Pessoas bissexuais tem períodos em que a atração pelo mesmo sexo predomina, e períodos em que é com o sexo oposto.

Transsexualidade

Um transsexual é uma pessoa que não se sente identificada com o seu corpo.

Ou seja, o seu gênero psicológico não corresponde ao físico.

Pode acontecer em homens que se sentem mulheres ou em mulheres que se sentem homens.

A transsexualidade não está de todo relacionada com a homossexualidade.

Um homem homossexual não se sente mulher, sente-se homem.

No caso de sentir-se mulher considera-se transsexual.

A orientação sexual de um transsexual depende da sua orientação de gênero.

Uma mulher trans pode ser lésbica ou heterossexual, por exemplo.

Panssexualidade

A panssexualidade também pode ser denominada como omnissexualidade, polissexualidade ou trissexualidade.

É caracterizada pela atração sexual ou romântica por pessoas independentemente do sexo ou gênero das mesmas.

Podem se sentir atraídos por homens, mulheres ou também por pessoas que não se sentem identificadas com o seu gênero.

Incluindo interssexuais, transsexuais e intergêneros.

Assexualidade

É a falta de orientação e desejo sexual.

Ou seja, são pessoas assexuais não sentem atração física ou sexual para com nenhuma pessoa.

Não sentem desejo pelo prazer sexual, e também não se identificam com nenhuma orientação sexual definida.

Também não é habitual que se apaixonem ou tenham um namorado/a, embora criem laços afetivos sem relações sexuais envolvidas.

Sexo biológico

As diferenças anatômicas entre os sexos são tomadas como base para dividir o mundo entre homens e mulheres.

E também para definir masculino ou feminino.

O sexo biológico é a genitália que você nasceu.

É uma classificação intersexual, já que considera os órgãos sexuais, hormônios e cromossomos.

By |2018-12-05T21:04:12+00:0008.08.18|1 Comentário

Sobre o Autor:

Teresa Nunes
Graduada em Ciências Biológicas (licenciatura) pelo Centro Universitário Claretiano de Batatais, Mestre em Ciências (ênfase Ensino de Biologia) pela Universidade de São Paulo. Trabalha com biologia geral, com ênfase em estratégicas didáticas e linguagem.

Um Comentário

  1. Geilson de Macedo Barbosa 06.09.18 em 20:55 - Responder

    Show, sou professor de ciências do ensino fundamental 6, 8, e 9 ano, foi de suma importância, essas informações para passar para meus alunos de 8 ano, conforme a Base Nacional Curricular, grande contribuição colega Teresa Nunes.

Deixar Um Comentário