Você já perguntou como utilizar as metodologias ativas no ensino remoto?

Sim, isso é possível!

Mas precisa de algumas adaptações.

Das metodologias ativas já conhecidas as que melhores se adaptam ao ensino remoto é a sala de aula invertida e ensino hibrido.

E é sobre essas duas metodologias que vamos tratar aqui hoje!

Sala de aula invertida

Essa metodologia ativa inverte o modelo tradicional.

Ou seja, o aluno estuda os conteúdos e instruções antes da aula, para depois haver uma discussão com os colegas e professor.

Assim, a sala de aula invertida permite tornar mais dinâmico e significativo o processo de aprendizagem.

Já que inclui materiais digitais, como: vídeo aulas, games, podcasts, pesquisas, textos, fóruns.

Nós já explicamos sobre o uso desta metodologia ativa aqui e aqui.

Ensino híbrido

Essa metodologia ativa combina o ensino presencial e o ensino à distância.

E torna mais dinâmico o aprendizado, por permitir duas formas de aprender o mesmo assunto: em sala de aula e em casa.

E ainda oferece mais possibilidades de realizar a mesma tarefa.

O ensino híbrido também estimula a participação ativa dos alunos na construção do próprio conhecimento.

Já que eles precisam buscar de maneira autônoma a matéria proposta e complementar o que foi dado na aula.

Nós já explicamos detalhadamente o uso desta metodologia aqui e aqui.

metodologias ativas

Mas como utilizar essas metodologias ativas com o ensino remoto?

Com bases nestes dois modelos de metodologias ativas, as atividades podem ser desenvolvidas com algumas técnicas complementares.

Como por exemplo:

  • Debate: realizar discussões sobre a matéria virtualmente com os colegas.
  • Estudos de caso: propor um caso que pode ou não ser aplicado a realidade com base em diferentes ideias, podendo discuti-lo com os colegas.
  • Estudos em grupo: construir conhecimento com a colaboração de outros alunos, através de comunicação virtual.
  • Projetos: elaborar um trabalho para solucionar uma demanda.
  • Interação em ambientes virtuais: criar grupos em redes sociais, fórum de discussões e ambiente virtual de aprendizagem.
  • Métodos colaborativos de produção de conteúdo: propor a construção de um blog em equipe, a escrita de textos em conjunto (no Google Docs, por exemplo) e a criação de um canal no YouTube com vídeos sobre os temas estudados.
  • Apresentações em formato multimídia: os alunos podem gravar vídeos com a apresentação de trabalhos, elaborar slides e mapas mentais com os assuntos estudados.

Como planejar metodologias ativas no ensino remoto

Para aplicar as metodologias ativas no ensino remoto, é necessário elaborar um plano de aula que inclua as técnicas apropriadas nas atividades propostas.

Por isso deve contemplar alguns critérios, como por exemplo:

  • Comunicação com os alunos em ambientes virtuais: para tirarem dúvidas e interagirem com os professores e colegas.
  • Disponibilizar um guia de estudos: com orientações de como acessar os conteúdos, o que estudar e as tarefas a serem realizadas.
  • Atividades avaliativas: solicitar que os alunos realizem tarefas contidas no livro e enviem aos professores as respostas através de canais de comunicação digital.