A semana do meio ambiente está chegando e sempre bate aquela dúvida de como trabalhar o tema em sala de aula.

Falar de reciclagem? Do desperdício de água?

Como envolver os alunos sem que o tema fique desconexo dos demais conteúdos?

Então por que não trabalhar atividades de educação ambiental urbana?

Já que quando falamos em semana do meio ambiente, sempre pensamos em campo, matas, ambientes que estão distantes da nossa realidade urbana.

Mas é importante percebemos o meio ambiente a nossa volta.

As cidades não são apenas florestas de concreto, mas ecossistemas urbanos com seus vestígios de natureza.

E foi pensando nisso que reunimos aqui 6 atividades para você trabalhar em sala de aula.

1) Ambiente urbano versus ambiente rural

Essa é uma proposta simples e que pode ser realizada em grupo.

Um grupo de alunos deve ficar encarregado de listar as vantagens de morar no ambiente urbano e as desvantagens de morar no ambiente rural.

Enquanto outro grupo fica responsável de levantar as vantagens de morar no ambiente rural e as desvantagens do ambiente urbano.

Dentre os aspectos a serem comparados pode ser considerado: Qualidade do ar e da água; ruídos; tradições; populações e serviços.

Você também pode discutir como os dois ambientes estão interligados e dependentes.

Já que muitos recursos utilizados no ambiente urbano vem do ambiente rural.

As listas podem ser apresentadas na forma de júri simulado, para que haja a defesa das ideias.

O que é possível ensinar com essa atividade

É uma atividade que trabalha com a observação e percepção dos alunos sobre meio ambiente.

Além das habilidades de argumentar, organizar ideias e apresentação.

É importante também discutir com os alunos que a cidade também tem um meio ambiente, e que as ações da cidade afetam também o campo.

E vice-versa, já que são sistemas interligados.

2) Estudo de caso

O estudo de caso apresenta uma situação problema ao aluno (real ou hipotética) ao qual é necessário uma solução.

Assim, os alunos podem ser divididos em grupos de 4 alunos e posteriormente fazer uma discussão mais ampla com os diferentes grupos.

Você pode dar uma situação problema para cada grupo ou a mesma para todos os grupos.

A solução proposta pelos alunos pode ser apresentada em forma de relatório, desenhos ou debate.

São exemplos de situação problema:

Situação problema 1 – Poluição da Água (disposição de resíduos domésticos, agrícolas e industriais ilegais em rios)

Durante um acampamento de escoteiros, um grupo de jovens constatou que o cheiro da água do rio estava desagradável.

Então quando retornaram a suas casas, comentaram isso nas escolas e seus professores providenciaram uma pesquisa que identificasse a qualidade da água daquela região.

Os resultados foram assustadores, pois a quantidade de poluentes era muito maior do que a admitida para que um rio mantenha vida em condições saudáveis.

Foi descoberto que lixo doméstico e embalagens de agrotóxicos eram jogados no rio.

Como vocês, como representantes da população solucionariam esse caso?

Para que órgão seria indicado que a denúncia dessas irregularidades ocorresse?

Situação problema 2 – Separação do lixo (coleta irregular do lixo )

Numa manhã de primavera, uma menina, chamada Ana, e sua mãe estavam passeando pela cidade em que moravam e notaram que em frente a diversos locais de moradia havia lixos jogados soltos, fora das sacolas plásticas ou dos sacos de lixo.

Elas não entenderam como isso poderia estar ocorrendo, então decidiram sentar uma árvore e observar de que forma aquilo acontecida.

Nos próximos minutos, notaram que chegava um senhor que retirava dos lixos apenas latas de alumínio e embalagens Longa Vida.

E o restante era jogado de qualquer forma nas calçadas e além de poluir, entupia os bueiros, contribuindo para causar os alagamentos da cidade em épocas de chuvas.

Bastante preocupadas, Ana e sua mãe começaram a pensar como poderiam resolver esse problema.

Como você poderia ajudá-las?

Como vocês, como pessoas preocupadas com a natureza, solucionariam esse caso?

O que é possível ensinar com essa atividade

Trabalhar com estudo de caso possibilita discussão em grupo, estimula a tomada de decisões e a organização, apresentação e defesa de ideias.

É possível trabalhar temas como poluições (do solo, do ar, das águas), lixo, exploração da biodiversidade e consumo, etc.

Além da apresentação de ideias, os alunos podem escrever cartas, posts de divulgação ou uma redação para explicitar as soluções encontradas.

O que estimula também as habilidades de escrita e argumentação, aproximando os alunos da alfabetização científica.

3) A frota de veículos e os custos

Os veículos movidos a combustíveis fósseis são grandes vilões da poluição atmosférica.

E para termos uma noção dos impactos ambientais produzidos na biosfera por esses veículos, precisamos ter uma ideia da dinâmica e dos custos dessa frota em nossa cidade.

Mas como fazemos isso?

Você pode dividir os alunos em cinco grupos e assim observarem o fluxo de veículos nas ruas próximas a escola.

É importante que se observe por exemplo, o número de veículos que passam em determinado ponto, o tipo de veículo (ônibus, caminhão, carro, moto), o tipo de combustível, e a quantos passageiros há por veículo.

Em caso de ônibus pode-se adotar um critério como por exemplo: cheio, médio e vazio.

Outro ponto importante para a excussão dessa atividade é dividir a tarefa entre os alunos do grupo.

Já que essa observação deve ser repetida pelo menos 5 vezes em dias e horários distintos.

Cada dia não deve passar de 20 minutos no máximo, a fim de que os alunos não se dispersem.

Após a coleta de dados, agrupem os resultados e discutam o consumo de combustível e a poluição.

O que é possível ensinar com essa atividade

O grande “guancho” dessa atividade é discutir e sugerir/encontrar formas mais econômicas e menos poluentes de transporte na cidade.

Além disso possibilita também discutir o consumismo excessivo e por que opções mais ecológicas, como o carro elétrico, não tem espaço no mercado.

É interessante também discutir como pequenas ações cotidianas refletem no coletivo.

4) O lixo gerado na escola

O lixo gerado nas cidades é, sem dúvidas um dos  grandes problemas na maioria dos municípios brasileiros.

Pensando nisso você pode realizar com os alunos um estudo a respeito do lixo gerado na escola.

E com isso identificar as categorias de lixo produzido (lixo que dá para reciclar? lixo que forma húmus?).

E buscarem soluções para reduzir a produção de lixo.

Os alunos devem ser divididos em grupo e cada grupo ficará encarregado de determinar o tipo e a quantidade do lixo produzido.

Por exemplo do lixo orgânico e os demais lixos inorgânicos.

Ao final, (espera-se que  cada grupo tenha descrito o conteúdo de uma lixeira) apresenta-se os dados.

Que podem ser agrupados na lousa pelo tipo e quantidade.

A partir daí é possível  fazer uma estimativa do quanto lixo é produzido por dia, mês e ano na escola.

O que é possível ensinar com essa atividade

É importante levantar que “lixos” que podem ser reciclados e não são contribuem para que perdemos dinheiro e  aumentamos o consumo de recursos naturais.

É possível discutir com os alunos possibilidades de redução do lixo.

O que pode ser feito? Por que não há a reciclagem dos materiais que podem ser reciclados?

É interessante incluir na discussão o lixo eletrônico/tecnológico.

Quanto de eletrônicos descartamos ainda funcionando? O que isso custa ao meio ambiente?

Outro ponto a ser discutido são os problemas ocasionados por resíduos sólidos permanentes, como por exemplo o isopor e o plástico.

O que faremos com tanto lixo acumulado e não reaproveitado?

É uma atividade que mobiliza habilidades de observação, sensibilização, soluções de problemas e argumentação.

5) A construção de uma estrada

O progresso das cidades muitas vezes causa transtornos e prejuízos ao meio ambiente.

Que poderiam ser  ser evitados se o componente ambiental fossem devidamente considerado nas fases de planejamento.

A comunidade dispõe de meios legais para participar dos processos de tomada de decisões.

E com isso pode opinar sobre situações que prejudicam o meio ambiente no seu entorno.

A intenção dessa atividade é simular uma situação dessa.

Para isso, um grupo ficará responsável  de apresentar um projeto de construção (pode ser estrada, prédios, praças, conjuntos residenciais) que deverá ser executado em área verde da cidade.

Esses alunos deverão expor como será o empreendimento, apresentando os aspectos econômicos, sociais e a viabilidade ambiental.

Outros alunos (em duplas) serão divididos em: o cidadão residente na área do empreendimento, o comerciante, o trabalhador da construção civil, os estudantes da escola do entorno, o grupo de ambientalistas e os políticos.

Cada grupo deverá apresentar seu ponto de vista e defender seus interesses.

Os alunos que restaram deverão constituir o júri que irá decidir a melhor excussão das obras propostas.

O que é possível ensinar com essa atividade

Essa atividade possibilita como a sociedade deve funcionar.

Tanto em relação a discussão e tomada de decisão em conjunto quanto sobre como participar.

Além disso mobiliza habilidades de argumentação, organização de ideias e solução de problemas.

O problema pode ser trocado por ou