Está fazendo biologia ou quer fazer e pensa em atuar no meio ambiente?

Você sabe quais as áreas de atuação do biólogo em meio ambiente e biodiversidade?

Não? Então esse post é para você!

Reunimos aqui as atividades profissionais e áreas de atuação regulamentadas pela Resolução nº 227/2010.

Assim, depois de devidamente registrado nos Conselhos Regionais de Biologia (CRBios) e, portanto, legalmente habilitado para o exercício profissional, você enquanto biólogo poderá atuar nas áreas de:

I – Meio Ambiente e Biodiversidade
II – Saúde
III – Biotecnologia e Produção

Então, você, ao se formar em biologia pode aturar no Meio Ambiente e Biodiversidade se dedicando á seguintes áreas.

1) Aquicultura: Gestão e Produção

Aquicultura, palavrinha estranha, não é?

Mas é a ciência que estuda e desenvolve técnicas de cultivo e reprodução de organismos aquáticos.

Como por exemplo peixes, moluscos, algas, crustáceos e até tartarugas ou jacarés.

Este cultivo deve ser realizado em condições adequadas, com controle de iluminação e temperatura da água, podendo ocorrer em água doce ou salgada (onde recebe o nome de maricultura).

Um dos principais objetivos da Aquicultura é garantir produtos para o consumo com maior controle e regularidade.

E onde o biólogo entra nisso?

Você vai trabalhar na criação tanto de animais quanto de plantas aquáticas para o consumo humano.

2) Arborização Urbana

Você acha lindo cidades bem arborizadas?

Pois você pode atuar na arborização urbana, ou seja, no planejamento de arborização de uma cidade.

Além de levar em consideração as características peculiares de cada cidade (valores culturais, ambientais e de memória) é necessário também garantir a segurança e a mobilidade dos cidadãos.

O biólogo nessa função realiza um inventário das espécies já existentes no local para que possa escolher “a árvore certa para o lugar certo”.

Assim, você vai atuar desde levantar as espécies adequadas aos locais, plantio, poda até o corte definitivo quando necessário.

3) Auditoria Ambiental

As auditorias Ambientais ainda são considerados instrumentos voluntários de gestão ambiental.

E permitem verificar a compatibilidade da atividade empresarial com o meio ambiente.

Assim, a auditoria Ambiental detecta problemas ou oportunidades.

Como por exemplo: fontes de poluição e medidas de controle/preservação; pesquisas e desenvolvimentos de produtos; uso, armazenagem, manuseio e transporte de produtos; estações de tratamento de águas residuárias (esgoto) e reformas e manutenção de prédios.

4) Bioespeleologia

Parece um palavrão né?

Mas é o estudo biológico do ecossistema cavernícola.

Isso mesmo, você pode atuar estudando os aspectos ecológicos e evolutivos de uma caverna!

Nos estudos bioespeleológicos são realizados a caracterização ambiental do sistema subterrâneo;

Além da identificação da fauna presente, dos recursos disponíveis e das suas principais vias de importação.

É realizada também a classificação dos organismos cavernícolas segundo suas modificações evolutivas.

5) Bioética

A Bioética compreende o estudo transdisciplinar entre Biologia, Medicina, Filosofia (ética) e Direito (biodireito).

E investiga as condições necessárias para uma administração responsável da vida humana, animal e responsabilidade ambiental.

A Bioética é norteada por determinados princípios como a beneficência, a prudência, a autonomia, a justiça e a responsabilidade.

6) Bioinformática

Gosta de tecnologia e de biologia? Então sua área de atuação é a bioinformática!

A bioinformática consiste na criação, desenvolvimento e operação de banco de dados e outras ferramentas computacionais.

Que servem para coletar, organizar e interpretar dados.

Varias áreas de biologia necessita destes métodos.

Por exemplo, biologia estrutural, sequenciamento de genomas e genes, desenho de drogas baseadas em estruturas e evolução molecular.

7) Biomonitoramento

Atua avaliando a “saúde” dos ecossistemas por meio da avaliação de bioindicadores.

Usa as respostas biológicas para avaliar as mudanças ambientais.

8) Biorremediação

Trabalha com organismos vivos, por exemplo fungos e bactérias, utilizados para reduzir ou remover (remediar) contaminações no ambiente.

Além disso utiliza processos biodegradáveis para o tratamento de resíduos regenerando o equilíbrio no ecossistema.

9) Controle de Vetores e Pragas

Você sabia que biólogos também trabalham com o controle de vetores e pragas?

Isso mesmo, no controle de por exemplo,  insetos, roedores, caramujos e voadores.

Tanto no controle mecânico, que se refere a limpeza e destruição de criadouros.

Quanto no controle biológico, ao qual utiliza de inimigos naturais.

Além disso também fazer o controle legal (processos jurídicos); o controle químico (utiliza produtos químicos, ex: agrotóxicos); e o controle integrado (combinação de vários métodos).

Bem como ações educativas (como ações educativas para o controle da dengue).

10) Curadoria e Gestão de Coleções Biológicas, Científicas e Didáticas

Você é extremamente organizado?

Pois talvez você se dê bem como curador e gestor de coleções biológicas!

As coleções biológicas reúnem de maneira sistematizada uma série de informações sobre determinados organismos.

O que torna possível a compreensão do processo evolutivo das espécies.

Assim, você, enquanto biólogo pode trabalhar com a montagem e administração dessas coleções.

11) Desenvolvimento, Produção e Comercialização de Materiais, Equipamentos e Kits Biológicos

Sabe aqueles Kits demonstrativos que tem em escolas, hospitais e palestras?

Pois é uma produção do biólogo também!

Você pode trabalhar na elaboração de materiais que podem ser utilizados em escolas, exposições, empresas, etc.

E pode tanto trabalhar com divulgação científica quanto com a produção técnica.

12) Diagnóstico, Controle e Monitoramento Ambiental

Trabalha realizando medições e/ou observações específicas, dirigidas a alguns poucos indicadores e parâmetros.

Tem a finalidade de verificar se determinados impactos ambientais estão ocorrendo.

Além da elaboração de registros dos resultados do monitoramento para o acompanhamento da situação.

13) Ecodesign

Se você é uma pessoa criativa e preocupada com o meio ambiente essa área de atuação é para você!

Já que trabalha criando e desenvolvendo projetos (visuais e impressos, produtos e serviços) que minimizem o impacto ambiental.

E integrando as questões ecológicas em todas as suas fases de desenvolvimento.

Principalmente com a redução de uso de recursos e matérias-primas.

14) Ecoturismo

Você tem o espírito aventureiro? Gosta estar sempre em meio a natureza?

Então talvez a sua área de atuação seja essa!

Já que o ecoturismo é um segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural.

Assim, o biólogo trabalha tanto na conservação e busca a formação de uma consciência sustentável quanto em atividades que visam a interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações envolvidas.

15) Educação Ambiental

Se você gosta de ensinar e ao mesmo tempo pensa em fazer a diferença para o meio ambiente, essa é a sua área de atuação!

Isso porque com a educação ambiental se trabalha com uma dimensão da educação que imprime ao desenvolvimento individual um caráter social em sua relação com a natureza e com os outros seres humanos.

Além de visar potencializar a atividade humana com a finalidade de torná-la plena de prática social e de ética ambiental.

16) Fiscalização/Vigilância Ambiental

A fiscalização ambiental é uma atividade paralela ao licenciamento.

Suas atribuições consistem em desenvolver ações de controle e vigilância destinadas a impedir o estabelecimento ou a continuidade de atividades consideradas lesivas ao meio ambiente.

Ou ainda, daquelas realizadas em desconformidade com o que foi autorizado.

meio ambiente