Diante do surto de coronavírus (Covid-19) muitas coisas surgem pela internet.

E neste momento é importante ter clareza das informações para evitar pânico.

Pensando nisso reunimos aqui as principais coisas que andam circulando pela internet.

Afinal, será que são mitos ou verdades?

1) Começando pelo mais procurado na internet nos últimos dias: Dá para fazer álcool gel em casa?

Em tempos de crise em que as pessoas se desesperam e compram em grande quantidade produtos que vão fazer falta, surgem ma internet várias receitas alternativas.

Certamente você recebeu no Whatsapp ou viu pelo Facebook receitas com gelatina ou gel de cabelo para fazer um álcool em gel caseiro, mas será que isso realmente funciona?

Não, não funciona!!

Além de não ter eficácia comprovada, já que mistura muitas coisas distintas do álcool em gel indicado para as mãos, ainda podem causar acidentes.

Como por exemplo reações alérgicas na pele, alergias, além o risco de queimadura, já que a maioria das receitas utiliza água ou produtos quentes.

Álcool para churrasqueira, álcool para limpeza e demais tipos de álcoois não foram testados para uso na pele, e podem provocar reações sérias.

Além disso, para ficar protegido é necessário que o álcool em gel tenha a concentração correta de álcool, o que não é possível medir nestas receitas caseiras.

A concentração correta de álcool é importante porque é ele o responsável por dissolver a camada de lipídios (gordura) que protege o vírus.

O álcool em gel, assim como lavar as mãos com água e sabão, dissolve gorduras e inibe proteínas.

Ao dissolver a gordura a gente tira a ‘capinha de proteção’ do vírus.

Essa gordura faz uma membrana que protege esses organismos do ambiente e mantém todos os componentes deles inteiros.

Dissolvendo essa gordura você rompe essa proteção e o vírus não consegue se instalar no seu corpo.

Covid-19

2) Evitar sair de casa diminui as chances de você ser contaminado

É verdade!

Na ausência de uma vacina, quanto menos você circular por aí, menores as chances de você ser contaminado.

Ou seja, o melhor método para controlar a Covid-19 é quebrar a corrente de transmissão de pessoas infectadas para pessoas saudáveis.

Nós explicamos melhor a importância do isolamento social na contenção da disseminação do vírus aqui.

Covid-19

3) Coronavírus (Covid-19) foi criado em laboratório propositalmente

Várias teorias de conspiração sobre o surgimento do Covid-19 tem circulado na internet, principalmente culpando a China pela criação do vírus.

Mas isso não passa de mito.

O novo coronavírus (Covid-19) é resultado de evolução natural, sem engenharia humana.

A eficácia do vírus ao se ligar a células do corpo humano sugere que ele é resultado de seleção natural.

Ou seja, uma mutação inerente aos vírus.

Uma das possibilidades consideradas pela comunidade científica global é de que o novo coronavírus tenha evoluído em alguma espécie de animal (ainda não se sabe ao certo qual seria) e, então, ter feito a transição para o organismo humano.

Todas essas informações forma publicadas neste artigo da Nature Medicine.

Covid-19

4) O uso de máscaras impede o contágio?

Não!

O uso de máscaras é indicado apenas para as pessoas que estejam com o Covid-19, já que impede que gotículas de cuspe possa contaminar outras pessoas.

Pessoas sem sintomas protegem a boca, mas podem ser infectadas da mesma forma ao ter contato com o vírus e coçar o nariz ou tocar os olhos.

Para serem eficazes, as máscaras teriam de ser completamente vedadas como aquelas usadas em ambientes hospitalares para tratar casos de tuberculose, por exemplo, além de proteger o nariz e os olhos.

Porém, esse tipo de equipamento não é recomendado para uso extra-hospitalar, e também não é indicado neste momento.

A higienização das mãos é bem mais importante!

Edit:

Em Abril as recomendações mudaram, e embora o uso de máscaras não impeça o contágio, diminui as chances de acontecer.

Por isso, atualmente é indicado o uso de máscaras para todos que precisam sair de casa.

E também é aceitável o uso de máscaras de tecido, sendo recomendado a troca da máscara a cada duas horas.

Importante destacar o cuidado na manipulação da máscara, evitando de por a mão diretamente na máscara e a retirando pelo elástico para evitar contaminação.

As máscaras de tecido devem ser lavadas com água e sabão, e posteriormente passadas com ferro.

Covid-19

5) Usar soro fisiológico várias vezes para limpar as narinas podem evitar a infecção?

Não, não pode!

O soro é usado para umidificar as narinas e trazer alívio para os sintomas como por exemplo, coriza ou obstrução nasal.

Mas a fórmula não traz nenhum tipo de componente que tenha atividade contra o vírus.

Covid-19

6) Há alimentos que impedem que o organismo seja afetado ou reforçam a imunidade?

Nenhum alimento tem esse poder de impedir que alguém seja afetado ou reforce a imunidade a ponto de combater um vírus.

O que é recomendado sempre é que se tenha uma alimentação balanceada e siga hábitos saudáveis, que são bons para a saúde de forma geral.

Assim, as chances de reação do organismo é maior, mas você ainda poderá ser infectado.

Covid-19

7) Diabéticos e hipertensos tem maiores chances de complicação?

Sim, é verdade!

Pessoas com diabetes, assim como pacientes cardiopatas, com doenças cardiorrespiratórias pré-existentes e idosos, compõem a faixa de maior risco para complicações com a infecção por Covid-19.

Ainda estão sendo estudadas as relações, mas acredita-se haja uma predisposição genética e, além disso, que pessoas que tem diabetes e hipertensão sejam mais sensíveis graças a combinação de medicamentos e polimorfismo da ECA2.

Mas o que é ECA2?

É uma enzima  conversora de angiotensina (e por isso a sigle ECA) a qual o vírus do Covid-19 liga suas células-alvo.

Essa enzima é expressa por células epiteliais do pulmão, intestino, rim e vasos sanguíneos.

A expressão de ECA2 é substancialmente aumentada em pacientes com diabetes tipo 1 ou tipo 2, que são tratados com inibidores de ECA e bloqueadores receptores tipo II (BRAs).

A hipertensão arterial também é tratada com inibidores de ECA e BRAs.

A ECA2 também pode ser aumentada por thiazolidinediones e ibuprofeno.

E o aumento da expressão da ECA2 facilitaria a infecção pelo Covid-19. 

É importante destacar que nenhum medicamento deve ser suspenso, pelo contrário, quanto mais controlado estiver a diabetes e a hipertensão melhores as chances da pessoa não ter complicações.

O artigo que busca as relações entre o Covid-19 e a diabetes e hipertensão pode ser encontrado aqui.

Ouviu mais alguma coisa por aí e ficou na dúvida? Compartilha aqui com a gente!

Você também pode consultar as fake news reunidas na página do Ministério da Saúde.